Eleições nos EUA começam em noite de tempo extremo; temperatura pode chegar a -37ºC em estado onde há prévias

Seja bem-vindo
São João da Boa Vista,01/03/2024

  • A +
  • A -

Eleições nos EUA começam em noite de tempo extremo; temperatura pode chegar a -37ºC em estado onde há prévias

g1.globo.com
Eleições nos EUA começam em noite de tempo extremo; temperatura pode chegar a -37ºC em estado onde há prévias


Os eleitores do Partido Republicano do estado de Iowa vão participar do processo para escolher quem será o candidato do partido para presidente. EUA: Eleições primárias começam em Iowa para escolher candidatos na disputa presidencial
Nesta segunda-feira (15) acontece a primeira fase das eleições dos Estados Unidos. Os eleitores do Partido Republicano do estado de Iowa vão participar do processo para escolher quem será o candidato do partido para presidente.
Como é inverno no Hemisfério Norte, os EUA foram atingidos por uma frente fria, e no estado de Iowa a temperatura pode chegar a - 37ºC.
A região do meio-oeste, onde fica o estado de Iowa, deve ser uma das regiões mais atingidas pela frente fria e pela neve, de acordo com um informe do Serviço Nacional do Tempo dos EUA.
A temperatura baixa pode influenciar no processo de escolha. No Iowa a eleição acontecem em um evento chamado de caucus.
Os caucus são uma espécie de pequena assembleia, feitas em locais públicos, como igrejas ou escolas, nas quais os eleitores debatem e, na sequência, votam no candidato que acham que deve concorrer pelo partido do qual são afiliados (neste caso, o Partido Republicano). Ou seja, as pessoas precisam sair de casa e ir até um outro edifício, o que é pouco recomendado em temperatura extrema.
De acordo com o "New Yok Times", os profissionais das campanhas presidenciais estão tensos com a possibilidade de que poucos eleitores apareçam.
O ex-presidente Donald Trump, favorito tanto para o caucus de Iowa como para a nomeação pelo Patido Republicano, cancelou seus comícios no fim de semana por causa do tempo.
A candidata Nikki Haley cancelou eventos de campanha na sexta-feira. Em um evento virtual, ela pediu para que as pessoas vistam roupas quentes porque pode ter fila nos locais onde acontecem as prévias. Ela disse "sei que estou pedindo muito, mas também sei que temos que salvar o país".
Pesquisas apontam vitória de Trump
De acordo com pesquisa dos veículos Des Moines Register, NBC News e Mediacom publicada no sábado (13), a projeção é a seguinte:
Donald Trump: 48% de aprovação
Nikky Haley: 20% de aprovação
Ron DeSantis: 16% de aprovação.
Os analistas polítcos não excluem, no entanto, que um dos dois principais concorrentes de Trump surpreenda. Se Trump não obtiver a vitória esmagadora antecipada pelas sondagens em Iowa, corre o risco de parecer mais fraco para o restante das primárias.
A partir da próxima semana, os pré-candidatos competirão nos seguintes estados:
New Hampshire,
Nevada e
Carolina do Sul, já em fevereiro.
Todos os 50 estados dos EUA votarão até junho para proclamar, em julho, o candidato republicano à Presidência dos EUA durante a Convenção Nacional do partido.
EUA enfrentam onda de tempestades de inverno
Montagem g1/Reuters/AP




COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.